jusbrasil.com.br
11 de Dezembro de 2018
    Adicione tópicos

    Conselheiro do CNMP participa de oficina sobre monitoramento da Lei do Feminicídio

    O conselheiro do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) e coordenador da Estratégia Nacional de Justiça e Segurança Pública (Enasp) no CNMP, Valter Shuenquener, participou, nesta quarta-feira, 14 de dezembro, do primeiro dia da Oficina de Discussão sobre metodologia para monitoramento da implementação da Lei Maria da Penha e Lei do Feminicídio. O evento acontece no Instituto Legislativo Brasileiro, até 15 de dezembro, em Brasília-DF.

    Na oportunidade, Valter Shuenquener apresentou palestra sobre os resultados já obtidos com o projeto da Enasp de redução do número de inquéritos, no Brasil, do crime de feminicídio.

    A oficina, organizada pelo Observatório da Mulher contra a Violência do Senado Federal e pelo Escritório da ONU Mulheres no Brasil, com apoio do Banco Mundial, tem os seguintes objetivos:

    - refletir sobre as experiências internacionais e nacionais de produção de dados sobre violência contra as mulheres/violência de gênero, seus limites e desafios para o desenvolvimento e implementação de sistemas de monitoramento nacional;

    - colher subsídios para a elaboração de uma metodologia de monitoramento da aplicação da Lei Maria da Penha e Lei do Feminicídio;

    - fortalecer a atuação do Observatório da Mulher contra Violência (OMV/SENADO);

    - identificar parcerias para a criação de um “observatório em rede nacional da sociedade civil e universidades” para o monitoramento da aplicação da Lei Maria da Penha e Lei do Feminicídio.

    Ao longo dos dois dias, a oficina contará com a participação de aproximadamente 30 convidados, entre especialistas estrangeiros e brasileiros, representantes de organismos internacionais e de governo, universidades e do movimento feminista, de modo a propiciar um espaço de debate e troca de conhecimento.

    Assessoria de Comunicação Social
    Conselho Nacional do Ministério Público
    Fone: (61) 3315-9424
    jornalismo@cnmp.mp.br
    Twitter: cnmp_oficial
    Facebook: cnmpoficial




    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)